Para viajar de avião dentro do Brasil precisa estar vacinado? Veja!

para viajar de avião dentro do brasil precisa estar vacinado
faca justica com a resolvvi

Se você tem dúvida se para viajar de avião dentro do Brasil precisa estar vacinado, veio ao lugar certo!

Com a pandemia do Corona vírus ficou ainda mais claro que vacinação é um tema de grande importância.

E quando falamos sobre as restrições e exigências que o turismo sofreu durante a pandemia, estamos recordando um tempo em que os viajantes tiveram que parar suas viagens visando a própria segurança e de todos ao seu redor.

No entanto, mesmo com a flexibilização dessas restrições, que ocorre de modo gradual, dúvidas ainda persistem.

Como bem sabemos, a vacinação contra a COVID-19 foi o que permitiu que o turismo voltasse a funcionar.

Por isso, uma das dúvidas que ainda pairam sobre os amantes de viagens é “para viajar de avião dentro Brasil precisa estar vacinado?”.

E quando se tem dúvida, a coisa certa é buscar a resposta para ela, não é verdade?

Porém, de antemão, é importante saber que a questão das vacinas para viagens não se resume apenas à imunização contra a COVID-19.

Isso porque, antes mesmo de se ouvir falar nessa doença, outras já demandavam imunização para viagens, como é o caso da Febre Amarela.

Portanto, como base em tudo isso e acreditando poder da informação, preparamos este artigo para você que busca saber se é preciso estar vacinado para viajar de avião dentro do Brasil!

Ficou curioso(a)? Então não deixe de acompanhar a leitura!

A importância da vacinação para viajar

Seja para viajar de avião dentro Brasil ou ao exterior, quando falamos em precisar estar vacinado, estamos falando de exigências que têm motivação em comum.

Isso porque a principal importância das vacinas para viagens é evitar a propagação de infecções por determinadas doenças, seja de um país para outro ou de estado para estado, por exemplo.

De 2021 para cá, a necessidade de comprovação de vacinação contra o Corona vírus tomou enormes proporções.

Porém, não foi a COVID-19 a primeira doença a chamar atenção para o tema.

Na verdade, a epidemia de Febre Amarela também tem uma grande importância na exigência de vacinação para viajar.

Por isso, se você vai viajar de avião dentro do Brasil ou com destino a outro país, é de extrema necessidade consultar se é preciso estar vacinado e contra quais doenças.

👉 Teve problemas com seu voo? Descubra agora seus direitos!

Precisa estar vacinado contra a COVID-19 para viajar de avião dentro do Brasil?

Vamos começar falando sobre ser ou não preciso estar vacinado contra a COVID-19 para viajar de avião.

Bom, com as alterações nas de medidas de proteção contra a COVID-19, determinadas por cada país, em alguns deles a exigência de vacinação não é mais imprescindível.

Mas, se você tem dúvida se para viajar ao exterior precisa de vacinação, seja de qual doença for, não deixe de se informar junto aos consulados e embaixadas.

Para facilitar, aqui vai uma listinha com as atuais exigências de alguns países quanto à COVID-19:

  • Sem comprovante de vacinação ou teste: Argentina, Alemanha, Austrália, Canadá, Costa Rica, Dinamarca, Dubai, Egito, Espanha, França, Grécia, Holanda, Irlanda, Islândia, Israel, Itália, Maldivas, México, Nova Zelândia, Noruega, Portugal, Reino Unido, Suécia e Turquia;
  • Teste ou qualquer vacina: Chile, Panamá, Peru e Uruguai;
  • Três doses de vacina ou teste: Japão;
  • Com qualquer vacina: Cuba e Estados Unidos;
  • Somente teste: Qatar.

Mas, como o nosso foco aqui é tratar sobre se precisa estar vacinado para viajar de avião dentro Brasil, saiba que não, você não precisa estar vacinado contra a COVID-19 em voos nacionais.

Ads Google 1200 x 1200 1200 × 1200 px 960 × 750 px

No entanto, para quem vem de fora, o nosso país ainda exige a comprovação de imunização ou um teste negativo realizado em até um dia antes da viagem.

Além disso, se te interessa saber qual é o documento que comprova a vacinação contra a COVID-19, confira o próximo tópico.

Como comprovar vacinação contra a COVID-19?

Por mais que para viajar de avião dentro do Brasil não seja mais necessário comprovar vacinação contra a COVID-19, vale a pena saber sobre o documento de comprovação para caso você pretenda fazer uma viagem internacional, por exemplo.

Sendo assim, o Certificado Nacional de Vacinação contra a COVID-19 é o documento que você irá precisar apresentar se o seu destino exige a imunização.

Isso porque ainda não existe um documento internacional para essa finalidade, como é o caso do Certificado Internacional de Vacinação e Profilaxia (CIVP), que atesta outras vacinas e sobre o qual falaremos logo mais.

No entanto, para emitir é muito simples, sendo o primeiro passo ter completado o quadro de imunização (mínimo de duas doses).

Assim, basta seguir o passo a passo:

  • Acesse o site Conect SUS ou baixe o aplicativo;
  • Faça login com o Gov.br;
  • Clique no ícone “Cidadão”;
  • Então vá em “menu vacinas” e marque a opção “Certificado de Vacinação”;
  • Com isso serão emitidos um código de 16 dígitos e um QR Code para a validação do documento;
  • Uma vez validado, o documento estará disponível em PDF e com três opções de idiomas: português, inglês e espanhol.

Dica: dê preferência à impressão do certificado para estar com acesso mais fácil na hora de apresentar.

Precisa estar vacinado com outras vacinas para viajar de avião dentro do Brasil?

Como já mencionamos, por mais que importante, a vacinação contra a COVID-19 é só mais um dentre as várias que podem ser exigidas.

Assim, se você está planejando viajar de avião dentro do Brasil e quer saber se é necessário comprovar a imunização contra alguma outra doença, saiba que sim, a depender do estado que você pretende visitar, estar vacinado é importante!

Nesse sentido, a recomendação mais rígida está ligada à necessidade de vacinação contra a Febre Amarela para ingressar nos seguintes estados brasileiros:

  • Acre;
  • Amazonas;
  • Amapá;
  • Distrito Federal;
  • Goiás;
  • Mato Grosso;
  • Mato Grosso do Sul;
  • Maranhão;
  • Minas Gerais;
  • Pará;
  • Roraima;
  • Rondônia;
  • Tocantins.

Além disso, a imunização contra as Hepatites A e B também é recomendada para viagens dentro do Brasil, sobretudo aos estados do Norte e Nordeste.

Sendo assim, para que seja possível emitir o Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia (CIPV), é necessário que você tenha tomado a vacina em até 10 dias antes da data da partida!

Documento que o vacinado precisa para viajar de avião dentro do Brasil

Para comprovar que está vacinado contra doenças como Febre Amarela, Hepatites e Meningite, para viajar de avião dentro do Brasil, você precisará emitir um documento.

Nesse sentido, estamos falando do Certificado internacional de Vacinação e Profilaxia (CIVP) que, como o próprio nome propõe, atesta a vacinação tanto em solo nacional quanto internacional.

Além disso, saiba que você só precisará realizar a emissão uma única vez e poderá utilizá-lo em outras viagens.

Para emitir basta entrar no site, solicitar o comprovante, incluir os dados e aguardar o recebimento.

Uma vez com ele em mãos, se assim quiser, poderá optar pelas versões tanto em português quanto em inglês e espanhol.

E aí, gostou de saber se para viajar de avião avião dentro do Brasil precisa estar vacinado? Então não deixe de acompanhar o Portal Resolvvi para muitas outras dicas para as suas viagens!

Conheça a Resolvvi

💡 Já parou para pensar no número de consumidores que nunca buscou seus direitos porque não os conhece bem ou acha que não vai dar em nada?

A Resolvvi é uma startup que tem como missão garantir o acesso à justiça para todos os brasileiros.

Este conteúdo é parte desse propósito e vai ajudar você a caminhar até os seus direitos como consumidor. Vamos com a gente?

Nos siga nas redes sociais:

E também faça parte da nossa comunidade de consumidores que não deixam barato e querem fazer justiça.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *