Regras para viajar de avião: Conheça as principais!

regras para viajar de aviao 1 1
faca justica com a resolvvi

Quer ficar por dentro das regras para viajar de avião? Então não deixe de conferir este artigo para conhecer as principais.

Quem não gosta de uma boa viagem, não é mesmo?

Viajar está entre as práticas de lazer mais queridas pelos brasileiros.

Mesmo com a pandemia, 67 milhões de pessoas viajaram de avião em 2021.

E se você se interessou por este artigo, provavelmente está planejando a sua próxima viagem, certo?

Para viajar de avião, algumas regras devem ser seguidas, como as de bagagens e de transporte de menores e animais.

Sabendo disso e acreditando no poder da informação, separamos as principais regras para viajar de avião para que você possa ter um voo mais tranquilo e livre de surpresas desagradáveis.

Ficou curioso(a)? Então não deixe de acompanhar a leitura.

O que levar em consideração para viajar de avião?

Ao se questionar sobre quais as regras para viajar de avião, é necessário que você leve alguns pontos em consideração, como:

  • Exigências do destino (como passaporte, vistos e vacinas);
  • Quem será transportado (se passageiros com ou sem necessidade de atendimento especial, se animais ou se menores desacompanhados dos pais);
  • Pretenção de despachar bagagem (se você deseja ou não despachar um ou mais volumes);
  • Dimensões da mala de mão e da bagagem extraviada.

Com isso em mente, ficará mais fácil de você encontrar, nos tópicos que apresentaremos a seguir, a (s) regra (s) para viajar de avião que são mais importantes para você.

No entanto, saiba que é muito válido ler e entender todas elas, mesmo que não seja o que você procura.

Principais regras para viajar de avião

Nos tópicos a seguir você poderá ficar por dentro dos principais pontos relacionados às regras para viajar de avião.

Portanto, muita atenção na leitura para não deixar passar nenhuma informação importante, tá?

Documentação em voos domésticos

Iniciaremos a nossa lista de regras para viajar de avião pela documentação necessária para viajar.

Primeiramente, vamos considerar os voos domésticos, ou seja, em solo nacional.

Para voos nacionais será necessário apresentar algum documento oficial com foto, como:

  • RG, CNH, CTPS (carteira de trabalho, para os maiores de 16 anos);
  • Uma carteira funcional, como a OAB, mas também um Documento Nacional de Identidade (DNI);
  • Passaporte;
  • Registro Nacional de Estrangeiros (RNE), identidades de diplomatas e cônsules; 

No próximo tópico, você poderá ficar por dentro dos documentos que são regra para viajar de avião para outros países.

Leia também: Perdeu a identidade e precisa viajar de avião? Entenda o que fazer!

Documentos em voos internacionais

Para voos internacionais, em grande parte dos destinos, o passaporte é o documento mais importante.

No entanto, saiba que, para viajar aos países do Mercosul (Argentina, Paraguai, Uruguai, Chile etc.), não é necessário possuir passaporte, apenas RG (Registro Geral).

Por outro lado, para viajar aos demais países, o documento é fundamental.

Em solos estrangeiros, este documento será a sua identificação.

Sendo assim, se não possuir, é importante fazer a emissão do passaporte.

Mas não para por aí! O visto também pode ser uma exigência no seu destino internacional.

Para viajar a países como os Estados Unidos, países da Europa, Canadá e Japão, você precisá emitir o visto com antecedência.

Por isso, antes mesmo de comprar as passagens, consulte a necessidade de visto para o país aonde pretende ir e, se desejar, inicie o processo de emissão.

Agora que você está por dentro das regras de documentação para viajar de avião, é hora de falarmos sobre vacinas!

Vacinas

Principalmente para viajar de avião ao exterior, checar e comprovar as suas vacinas é uma das regras!

Para quem precisa de vacinas para viajar, o Certificado Internacional de Vacinação é um documento que valida a vacinação contra algumas doenças.

Isso pode ser útil para você que pretende viajar para fora do país, porque alguns países exigem esse documento para a entrada em seus territórios.

Por isso, se você pretende passar por algum país, fique ligado em todas as exigências e não deixe de conferir as recomendações de saúde.

Entre as vacinas para viajar mais cobradas estão:

  • Febre Amarela;
  • Sarampo;
  • Tétano;
  • Hepatites A e B;
  • COVID-19;
  • Raiva.

Ao descobrir quais as vacinas são obrigatórias no seu destino, imunize-se e emita o Certificado Internacional de Vacinação.

Viagem com menores de idade

Para um menor de idade viajar de avião, algumas regras devem ser respeitadas.

Ads Google 1200 x 1200 1200 × 1200 px 960 × 750 px

Uma dúvida pode surgir na hora de conseguir uma autorização para menor viajar de avião ou até mesmo para saber quais são os documentos necessários para o menor embarcar.

Nesse caso, um dos documentos necessários para um menor viajar de avião é o Registro Geral (RG) ou a certidão de nascimento, ambos originais.

Caso contrário, você pode apresentar cópias autenticadas, mas somente para destinos nacionais.

Além disso, para que a viagem possa ocorrer, o menor precisa estar acompanhado pelos pais ou parentes de terceiro grau.

Caso o menor não esteja acompanhado dos pais, é preciso apresentar uma autorização de ambos os responsáveis.

Mas se o menor estiver na companhia de apenas um dos responsáveis ou de um parente, é preciso uma autorização do responsável faltante ou dos responsáveis.

Vale lembrar que nos dois casos a autorização precisa estar autenticada em cartório e apresentada em três vias (com assinatura das partes em todas as vias).

Passageiros com necessidade de atendimento especial (PNAEs)

Para passageiros com necessidade de atendimento especial (PNAEs), a principal regra para viajar de avião é informar à companhaia, com antecedência, sobre a necessidade.

São considerados PNAEs:

  • Pessoas com deficiência;
  • Idosos (com idade igual ou superior a 60 anos);
  • Gestantes;
  • Lactantes;
  • Pessoas acompanhadas com criança de colo;
  • Passageiros com mobilidade reduzida ou que, por algumas condição específica, tenha limitação na sua autonomia.

Relatar estas condições é essencial para que as companhias possam providenciar os aparatos necessários para receber o passageiro.

Viagem com animais

No caso em que os passageiros precisam viajar de avião com animais, as regras também envolvem os documentos necessários. São eles:

  • Possuir um Certificado Sanitário;
  • Para destinos internacionais, um Certificado Veterinário Internacional (CVI);
  • Além disso, alguns países exigem que os bichinhos tenham um chip de identificação.

No caso do certificado sanitário, esse documento pode ser adquirido com o veterinário e possui validade de apenas três dias.

Já o CVI, pode ser obtido apenas no aeroporto de origem com um veterinário do Ministério da Agricultura.

Bagagens

As regras para viajar de avião que falam sobre bagagem estão, de modo geral, ligadas às dimensões das mala de mão e da mala despachada.

Primeiramente, saiba que todo passageiro tem direito a carregar uma mala de mão de até 10kg.

Sobre as medidas da bagagem de mão, confira a lista abaixo:

  • Em voos domésticos e internacionais pela GOL, LATAM e AZUL: 10kg com medidas de 35 x 25 x 55 cmcomprimento x largura x altura, respectivamente;
  • Voos internacionais pela Alitalia:  até 10 kg e 55 x 35 x 25 cm.
  • Em voos internacionais pela Lufthansa: 55 x 40 x 23 cm, com peso máximo de 8kg.

Já sobre a mala despachada, saiba que só será possível utilizar este serviço caso a sua tarifa inclua a franquia de despacho de bagagem ou se você contratar uma franquia por fora.

Caso queira contratar, indicamos que o façam com antecedência.

Quanto mais cedo contratar, mais barato você irá pagar.

Para contratar, basta entrar em contato com a companhia pelos canais de atendimento como telefone, site ou aplicativo.

Quanto às dimensões da mala despachada, em voos domésticos e internacionais, o que a maioria das companhias estipula é: 50 x 28 x 80 cm, comprimento, largura e altura respectivamente, com peso máximo de 23 kg.

No entanto, o mais indicado é não deixar de conferir as regras da companhias, que podem ser específicas, em seus sites.

Sofreu problema no seu voo? Você pode receber uma indenização

Agora que você está por dentro das principais regras para viajar de avião, é hora de se saber sobre a possibilidade de indenização em casos de problema com voo.

Você sabia que quando um passageiro tem a sua chegada ao destino final atrasada em mais de 4 horas em relação ao horário de chegada previsto, cabe indenização por danos morais?

Este problema pode ocorrer em situações de:

Se for o seu caso, conte com a Resolvvi para fazer justiça!

Avaliando o seu caso grátis em nosso site nós te ajudaremos a dar entrada no pedido de indenização de forma online e sem burocracias!

Para que tudo ocorra da melhor forma, é importante contar com as provas do ocorrido, como:

  • E-mail de confirmação de compra dos bilhetes;
  • Comprovante de atraso/cancelamento de voo (também conhecido como declaração de contingência, que você pode solicitar no guichê da companhia);
  • Bilhete do voo atrasado ou cancelado e do novo voo (se houver);
  • Comprovações de perda de compromissos importantes, como acadêmicos, médicos, familiares e escolares.

Uma vez com as provas em mãos e contando com a ajuda da Resolvvi, você só pagará pelo serviço se ganhar!

Conheça a Resolvvi

💡 Já parou para pensar no número de consumidores que nunca buscou seus direitos porque não os conhece bem ou acha que não vai dar em nada?

A Resolvvi é uma startup que tem como missão garantir o acesso à justiça para todos os brasileiros.

Este conteúdo é parte desse propósito e vai ajudar você a caminhar até os seus direitos como consumidor. Vamos com a gente?

Nos siga nas redes sociais:

E também faça parte da nossa comunidade de consumidores que não deixam barato e querem fazer justiça.