Como usar milhas para viajar? Confira o passo a passo

como usar milhas para viajar
faça justiça com a resolvvi

Quer aprender como usar milhas para viajar? Então acompanhe o passo a passo que montamos neste artigo e saiba como economizar em passagens aéreas!

Muitos consumidores não sabem como funcionam os programas de milhas de viagem ou desacreditam na possibilidade de usar milhas para viajar.

Mas com este artigo você vai aprender algumas dicas valiosas de como conhecer novos lugares usando as tão famosas milhas.

Quer aprender como usar milhas para viajar pelo mundo? Então confere o nosso passo a passo!

Quer conhecer seus direitos como passageiro antes de viajar? Então baixe grátis nosso guia!

Como usar milhas para viajar

Talvez você já tenha ouvido falar em pessoas que já viajaram ao redor do mundo sem pagar quase nada.

Em alguns casos, tem gente que sabe até como viajar o mundo de graça ao usar de estratégias que poucos consumidores conhecem.

E assim é o caso de usar milhas para viajar, portanto se você já ouviu falar, mas não sabe como fazer usar esse sistemas de pontuações, acompanhe este artigo!

Aprendar como usar milhas para viajar!

O guia de como usar milhas para viajar

Você verá que saber como usar suas milhas para viajar é uma coisa mais simples do que parece.

Certamente é um sonho para a maioria dos viajantes de carteirinha conseguir fazer uma viagem pagando quase nada nas passagens.

Então se você quer entrar para o clube daqueles que amam acumular pontos, veja a seguir o nosso passo a passo para aprender como viajar usando suas milhas!

Veja também: Como ganhar milhas no cartão de crédito? Aprenda agora!

1. Escolha um programa de milhas

Em primeiro lugar, saber como usar milhas para viajar requer que você escolha um programa de milhas.

Para isso, você precisa de um cadastro em algum programa de fidelidade.

Existem muitas opções no Brasil, pelo Smiles, por exemplo, é possível resgatar passagens na Gol e em alguns parceiros internacionais.

Pelo Latam Pass, o programa de fidelidade da Latam, você verá que esse programa também oferece alguns resgates com parceiros.

Já o TudoAzul, o programa de fidelidade da Azul, também conta com alguns parceiros.

Mas existem também outros programas que não são vinculados a nenhuma companhia aérea nos quais é possível fazer o resgate de passagens, como é o caso da Livel o.

No entanto, antes de escolher o programa, uma coisa muito importante é verificar o programa da companhia que oferece mais voos para a sua região.

Além disso, esqueça a ideia de acumular pontos em vários programas ao mesmo tempo, porque assim vai ficar difícil usar suas milhas para viajar.

Até porque você pode acabar não conseguindo juntar nada, ainda mais para aquelas pessoas que costumam juntar poucos pontos.

2. Escolha um cartão de crédito para pontos

Depois de selecionar um bom programa, o segundo passo para saber como usar milhas para viajar é escolher um bom cartão de crédito para acúmulo de pontos.

Embora muita gente não faça ideia, alguns cartões de crédito têm a função de acumular pontos.

Mas antes de começar a usar os benefícios de seu cartão, veja se realmente vale investir nesse programa, pois em algumas empresas esse serviço sequer vale a pena.

O Nubank, por exemplo, gera uma mensalidade de R$ 19,90 ou sugere uma anuidade de R$ 190 para você ativar o Nubank Rewards, programa no qual você usa milhas para viajar.

Agora que você já sabe com ganhar milhas no cartão de crédito, continue a leitura para descobrir como usar suas milhas para viajar!

3. Acumule os pontos

Saber como usar milhas para viajar é transformar os gastos que você já tem em viagens quase gratuitas.

Uma estratégia que pode funcionar é concentrar seus gastos no cartão de crédito, assim aqueles gastos de todo mês podem lhe render uma viagem.

Outra opção é utilizar as carteiras digitais para acumular pontos ao pagar contas de serviços essenciais, como luz, água, internet.

Ser criativo e aproveitar algumas oportunidades também contam na hora de saber como usar milhas para viajar!

Além disso, vale lembrar que existem grandes riscos na hora de tornar o uso do cartão de crédito um hábito.

Mas você pode driblar essas dificuldades com um bom planejamento financeiro.

Assim você não cai nas armadilhas de se enrolar nas dívidas!

4. Metas de resgaste também são muito importantes

Se você chegou até aqui, já conseguiu perceber como usar milhas para viajar pode ser uma vantagem na sua vida.

Sendo assim, um passo importante é estabelecer uma meta de resgate de suas milhas.

E não há regras para isso, não importa se o que você junta é suficiente para uma viagem nacional ou para o seu próprio estado.

Ou seja, o importante é tornar possível realizar o sonho de usar milhas para viajar sem gastar quase nada!

Portanto existe um valor para cada tipo de viagem, geralmente com 4.000 pontos já é possível resgatar uma viagem nacional de ida e volta.

Com 20.000 pontos talvez você consiga viajar pela América do Sul, e acima de 60.000 pontos, quem sabe você consegue resgatar passagens para a Europa ou Estados Unidos.

Vale lembrar que dá para saber de quantos pontos você precisa para fazer aquela viagem, basta fazer uma simulação de resgate no site do programa de fidelidade.

Assim dá para saber quantos pontos você vai conseguir juntar em um ano ou dois, inclusive ficar por dentro de quantos custa, em média, uma passagem.

E é dessa forma que você vai conseguir estabelecer sua meta de resgate de pontos para finalmente usar suas milhas para viajar.

Além disso, você também pode ficar de olho no custo de taxas de embarque que você vai precisar pagar em dinheiro ou em milhas na hora de resgatar sua passagem.

5. Não deixar seus pontos vencerem é fundamental para usar suas milhas para viajar

Isso mesmo que você leu, alguns consumidores não ficam de olho no prazo de validade dos pontos e como resultado acabam perdendo essa pontuação.

E pode acreditar: os pontos têm prazo de validade!

Geralmente os pontos do cartão de crédito valem por 2 anos, mas depois que você os transfere para o programa de fidelidade, valem por mais 2 ou 3 anos.

Saber como usar milhas para viajar também é sobre ficar atento a todos os prazos.

6. Como resgatar sua passagem ao usar milhas para viajar

Agora que você já sabe quase tudo sobre viagens usando o programa de milhas, o último passo é, de fato, usar suas milhas para viajar.

Portanto, após conferir toda a pontuação que você conseguiu juntar ao longo dos anos, é chegado o momento de resgatar sua passagem.

Para isso, é necessário acessar o site de seu programa de fidelidade, escolher as datas, os voos e fazer a emissão. Mas cuidado!

Como dissemos, acompanhar o valor das passagens em milhas é uma etapa importante nesse processo porque esses valores não são fixos e podem variar.

Até as passagens em dinheiro costumam variar de preço, por isso vale refazer a simulação de resgate para acompanhar se houve alguma mudança.

Viu como é fácil usar milhas para viajar? Agora é hora de colocar todas as nossas dicas em prática e embarcar no seu próximo destino!

Conheça a Resolvvi

💡 Já parou para pensar no número de consumidores que nunca buscou seus direitos porque não os conhece bem ou acha que não vai dar em nada?

A Resolvvi é uma startup que tem como missão garantir o acesso à justiça para todos os brasileiros.

Este conteúdo é parte desse propósito e vai ajudar você a caminhar até os seus direitos como consumidor. Vamos com a gente?

Nos siga nas redes sociais:

E também faça parte da nossa comunidade de consumidores que não deixam barato e querem fazer justiça.

Sobre o autor(a)