Tempo de leitura: 9 minutos

O que o plano de saúde não cobre? Desvendando as regras!

Então acompanhe este artigo e evite surpresas desagradáveis ao ficar por dentro do que o plano de saúde não cobre!

No cenário complexo dos planos de saúde, entender o que está incluído na cobertura é crucial para uma tomada de decisão mais sábia.

Enquanto muitos beneficiários estão cientes dos benefícios oferecidos por seus planos de saúde, é igualmente importante compreender o que o plano de saúde não cobre.

Esta questão torna-se uma peça fundamental na busca por uma assistência médica abrangente e sem surpresas financeiras.

Neste artigo, exploraremos minuciosamente as lacunas e limitações que frequentemente escapam à atenção dos segurados.

Então discutiremos aspectos que os planos de saúde convencionais não cobrem.

Ao desmistificar o que geralmente é excluído da cobertura, visamos capacitar os consumidores a tomar melhores decisões.

Pois somente um consumidor bem informado pode alinhar suas expectativas com a realidade dos benefícios oferecidos.

Além disso, a transparência sobre o que o plano de saúde não cobre previne desafios financeiros inesperados.

Mas também permite que os beneficiários explorem soluções complementares para suas necessidades específicas de saúde.

Então junte-se a nós e descubra o que o seu plano de saúde pode não cobrir e veja como garantir uma saúde financeira e física sólida.

O que pode e o que não pode cobrir um plano de saúde?

Desvendar os limites e as possibilidades da cobertura de um plano de saúde é essencial para uma escolha consciente.

Portanto, neste guia, exploraremos o que pode e o que não pode cobrir um plano de saúde.

Então acompanhe abaixo e tome a melhor decisão possível no que diz respeito ao seu plano de saúde.

Descubra mais artigos relacionados:

O que não pode cobrir um plano de saúde

Ao explorar os pormenores da cobertura dos planos de saúde, é vital compreender o que o plano de saúde não cobre.

Compreender as distinções entre as necessidades médicas e estéticas pode ser fundamental na hora de entender quais são os deveres e direitos dessas seguradoras.

Fique ligado(a) na lista abaixo e entenda o que o plano de saúde não cobre:

  1. Tratamentos Estéticos:
    • Em primeiro lugar, planos de saúde não abrangem tratamentos de rejuvenescimento ou emagrecimento com finalidade estética, incluindo a aplicação de botox e procedimentos de emagrecimento.
  2. Transplantes Limitados:
    • Com exceção de córnea, rim, medula óssea, e autotransplantes osteomiocutaneos, transplantes não são obrigatoriamente cobertos pelos planos de saúde.
  3. Tratamentos Experimentais:
    • Procedimentos clínicos ou cirúrgicos experimentais, sem comprovação científica, não entram na cobertura padrão dos planos de saúde.
  4. Procedimentos Estéticos:
    • Cirurgias plásticas e outros procedimentos estéticos também não são incluídos na cobertura.
  5. Órteses e Próteses Restritas:
    • Fornecimento de órteses, próteses e acessórios que não relacionam-se ao ato cirúrgico ou para fins estéticos pode não haver cobertura.
  6. Medicamentos Restritos:
    • Remédios não registrados na Anvisa ou para tratamento domiciliar podem não estar incluídos, exceto medicamentos específicos para uso domiciliar, por exemplo.
  7. Inseminação Artificial:
    • Os planos de saúde também não cobrem tratamentos de inseminação artificial.
  8. Tratamentos Não Reconhecidos:
    • Além disso, procedimentos ilícitos, antiéticos ou não reconhecidos pelas autoridades podem não fazer parte da cobertura.
  9. Casos Extraordinários:
    • Catástrofes, guerras declaradas, estabelecimentos para acolhimento de idosos e internações não médicas podem não ser cobertos.

Ao compreender essas nuances, os beneficiários podem tomar decisões informadas para uma cobertura de saúde alinhada às suas necessidades e expectativas.

Mas lembre-se que é essencial estar por dentro da carência do plano de saúde para saber quando exigir um serviço ou procedimento.

👉 Nome negativado indevidamente? Descubra já se você tem direito a uma indenização por danos morais!

O que o plano de saúde pode cobrir

Desvendar o que o plano de saúde não pode cobrir é crucial para uma escolha informada.

No entanto, é igualmente vital compreender as áreas em que os planos oferecem cobertura abrangente.

Este segmento explora o que o plano de saúde pode abranger, destacando aspectos como consultas médicas ilimitadas ou cobertura durante internações hospitalares.

Ao entender os serviços incluídos, os beneficiários podem otimizar suas escolhas para uma assistência médica completa.

Portanto, dentre aquilo que o plano de saúde pode cobrir, estão os procedimentos de:

  1. Consultas e Internações:
    • Consultas médicas ilimitadas, incluindo profissionais diversos durante internações hospitalares.
  2. Cirurgias e Radioterapia:
    • Cirurgias por videolaparoscopia e radioterapia com IMRT, por exemplo, para tumores de cabeça e pescoço.
  3. Medicamentos Imunobiológicos:
    • Cobertura de medicamentos imunobiológicos para artrite reumatoide e outras condições em planos ambulatoriais.
  4. Dispositivos Médicos:
    • Obrigatoriedade do fornecimento de bolsas coletoras para pacientes ostomizados.
  5. Odontologia Abrangente:
    • Cobertura de procedimentos odontológicos preventivos, como restaurações, endodontia, e cirurgias menores em ambiente ambulatorial, por exemplo.
  6. Outros Profissionais de Saúde:
    • Além disso, durante internação hospitalar ou se o/a médico(a) a frente solicitar, cobertura para sessões e/ou consultas com profissionais como nutricionistas, fonoaudiólogos, terapeutas ocupacionais, fisioterapeutas, entre outros.
  7. Tratamentos Ambulatoriais Específicos:
    • Por fim, consultas/sessões com psicólogos, terapeutas ocupacionais, fonoaudiólogos e nutricionistas com cobertura obrigatória, seguindo Diretrizes de Utilização.

Ao explorar esses aspectos, os beneficiários podem ter uma visão clara do que está incluído em seus planos de saúde.

Mas vale destacar que cada plano de saúde pode conter diversos planos de cobertura.

Portanto, o que listamos aqui pode não ser uma regra a todo plano de saúde vigente.

É por isso que é necessário estar de olho nas diretrizes gerais que regulamentam os planos de saúde, assim como cláusulas contratuais.

O que o plano de saúde não cobre? Desvendando as regras!

O que preciso saber ao aderir a um plano?

Ao selecionar um plano de saúde, é crucial verificar a regularidade da empresa junto à ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar), entidade reguladora do setor.

A ANS desempenha um papel fundamental na supervisão e normatização das operadoras, garantindo a conformidade com padrões estabelecidos.

Você pode realizar uma consulta sobre o registro da operadora facilmente pelo site oficial da ANS.

Assim os consumidores detêm uma maneira rápida e eficiente de validar a legitimidade da escolha do plano.

Além disso, a ANS desenvolve um rol de procedimentos, que serve como referência primordial para a cobertura obrigatória nos planos contratados a partir de 2 de janeiro de 1999.

Essa lista é recebe atualizações periódicas e podemos acessá-las diretamente na página oficial da ANS.

Inclsuive, se houver descumprimentos por parte da empresa, você pode reclamar do plano de saúde junto à ANS.

Manter-se informado sobre esses procedimentos essenciais é crucial para garantir que as coberturas atendam às necessidades específicas de saúde.

Esteja sempre atualizado, consultando regularmente a página da ANS para obter as informações mais recentes sobre os procedimentos que o plano de saúde cobre ou não.

E se você teve o seu nome negativado indevidamente, conte com a Resolvvi para fazer justiça! Juntos buscaremos uma indenização justa pelos danos que você sofreu.

Sabendo disso, mande o seu caso, e assim avaliaremos de modo 100% grátis!

FAQ – Saiba mais sobre cobertura de planos de saúde

O que o plano de saúde geralmente não cobre?

Planos de saúde geralmente não cobrem tratamentos estéticos, procedimentos experimentais sem comprovação científica, medicamentos não registrados na Anvisa, e casos como inseminação artificial e tratamentos ilícitos, por exemplo.

Quais são as exclusões comuns em planos de saúde?

Exclusões comuns incluem tratamentos estéticos, transplantes não especificados, procedimentos experimentais, fornecimento de órteses e próteses não relacionados à cirurgia ou estética, medicamentos não registrados, e tratamentos domiciliares, por exemplo, exceto casos específicos.

Quais são as limitações em procedimentos estéticos nos planos de saúde?

Planos de saúde geralmente não cobrem procedimentos estéticos como cirurgias plásticas, aplicação de botox, e tratamentos de emagrecimento com finalidade estética, por exemplo.

Os planos de saúde cobrem tratamentos odontológicos?

Sim, planos de saúde podem cobrir procedimentos odontológicos, incluindo consultas preventivas, restaurações, endodontia, e cirurgias menores em ambiente ambulatorial, seguindo as diretrizes do plano. Mas sempre verifique as especificações de cada modalidade do plano de saúde.

Há cobertura para tratamentos especiais, como radioterapia e medicamentos específicos?

Sim, inclusive alguns planos oferecem cobertura para cirurgias por videolaparoscopia, radioterapia com IMRT (em casos específicos), medicamentos imunobiológicos para condições como artrite reumatoide, além de tratamentos preventivos e consultas com diversos profissionais de saúde durante internações hospitalares.

Conheça a Resolvvi

💡 Já parou para pensar no número de consumidores que nunca buscou seus direitos porque não os conhece bem ou acha que não vai dar em nada?

É por isso que a Resolvvi é uma startup que tem como missão garantir o acesso à justiça para todos os brasileiros.

Portanto, este conteúdo é parte desse propósito e vai ajudar você a caminhar até os seus direitos como consumidor. Vamos com a gente?

Então nos siga nas redes sociais:

E também faça parte da nossa comunidade de consumidores que não deixam barato e querem fazer justiça.

Melyssa Diniz

Supervisora de Operações Legais e advogada de formação, Melyssa Diniz escreve artigos para o Portal da Resolvvi sobre nome negativado, facilitando informações sobre tudo que os consumidores precisam saber.

Todos os posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *