A Claro negativou seu nome indevidamente? Veja como resolver!

claro negativou seu nome indevidamente

A Claro negativou seu nome seu nome indevidamente? Entenda como resolver e como receber uma indenização por danos morais.

Já é sabido que pessoas com dívidas negativadas estão cadastradas nos órgãos de proteção ao crédito, o que significa para o mercado que elas não são boas pagadoras.

Por conta dessa “fama de mau pagador“, as empresas têm o direito de cadastrar os consumidores inadimplentes nesses serviços e alertar o restante das empresas sobre esse consumidor.

Porém, muitas dessas empresas cometem o erro de inscrever os consumidores injustamente nos órgãos de proteção ao crédito por diversos motivos.

Por exemplo, em alguns casos a pessoa tinha uma dívida e quitou, mas a empresa não retira o seu nome do cadastro de inadimplentes.

Leia também: Empresa paga indenização por sujar nome indevidamente?

Em outros casos, também podem ocorrer enganos, onde a pessoa nem sequer consumiu serviço ou produto de determinada empresa e mesmo assim está negativada.

Muitas empresas de telefonia, como a Claro, costumam negativar seus clientes de forma indevida. Por isso, diante dessa injustiça, o consumidor deve procurar seus direitos.

A claro negativou seu nome indevidamente? Então acompanhe e saiba como tomar as providências necessárias.

A Claro negativou seu nome indevidamente? Verifique grátis agora mesmo se você tem direito a uma indenização!

A Claro negativou seu nome indevidamente? Aprenda como resolver!

Primeiro, você precisa saber se a claro negativou seu nome indevidamente. Quando isso pode acontecer:

  • Conta já paga: Quando você já realizou o pagamento de alguma conta da claro e, mesmo assim, continua com o nome negativado ou tem o nome incluído em decorrência deste erro;
  • Serviço não contratado: Quando seu nome é negativado por conta da cobrança de um serviço da Claro no qual você não contratou, ou que em muitos casos, desconhece completamente;
  • Cancelamento de serviço: O consumidor teve o nome negativado indevidamente pela empresa por um serviço que cancelou.

Você pode entender mais a fundo sobre negativação indevida nesse outro post nosso.

Como resolver a negativação do meu nome pela Claro?

Agora que você já sabe em que situações você foi injustiçado pela operadora de telefonia, vamos ao passo a passo de tomar providências sobre os seus direitos:

1) Consulte seu CPF

Para isso acesse o portal do Serasa consumidor. Faça um cadastro simples caso não tenha, e ao entrar na plataforma, você consegue ver se existem pendências em seu nome.

Leia também: Como saber se meu nome está sujo? Veja 3 formas!

Além disso, você ainda consegue ter acesso ao seu score de crédito. Importante lembrar que quanto maior o score, mais o mercado lhe ver como bom pagador.

Entretanto, negativações diminuem o score de crédito, o que pode ser mais revoltante quando isso acontece de forma indevida.

Não reconheceu a dívida que apareceu no Serasa? Você pode estar negativado indevidamente. Isso nos leva ao próximo passo.

nome negativado

2) Junte provas

Basicamente para provar o caso é importante que você guarde todos os documentos e evidências que provem o ocorrido.

Dentre essas listamos essas como básicas para exigir seu direito:

  • Comprovante de negativação do seu nome no SPC/Serasa feita pela Claro;
  • Apresentar a data que ficou ciente da negativação da Claro;
  • Mostrar se você teve algum prejuízo por conta da negativação.
  • Comprovante do pagamento da dívida (Se você realmente tinha uma dívida com a Claro, mas pagou e seu nome não foi limpo)

Atenção, ter o comprovante de negativação é uma prova essencial para buscar sua indenização. Clique aqui e saiba como conseguir a prova!

Importante lembrar que cabe à empresa provar que a contratação ocorreu e que o débito é devido.

Isso vale para os casos onde o nome sujo indevidamente se deu por um serviço não contratado ou por qualquer outra razão que não justifique o cadastro do nome nos birôs de proteção ao crédito.

Uma vez que está ciente que pode provar o ocorrido, é hora de ir atrás dos seus direitos. Veja o próximo passo.

3) Busque ajuda

Após passar por todo o transtorno de descobrir o nome sujo indevidamente, você prontamente deve querer limpar seu nome.

Por lei, a empresa deve retirar seu nome em até 5 dias úteis. Porém, não é sempre assim que as empresas se comportam.

Na verdade, muitas vezes o consumidor precisa procurar outros meios para ter seus direitos respeitados.

Para “limpar” um nome inscrito indevidamente no SPC e Serasa, o primeiro passo é buscar os seus direitos.

Por isso, se a claro negativou seu nome indevidamente, você pode contar com a Resolvvi para exigir seus direitos, limpar seu nome e buscar uma compensação em dinheiro. Quer saber como? Acompanhe!

Descobri que a Claro negativou meu nome indevidamente, como ser indenizado?

Já ciente que a Claro ou outra empresa de telefonia negativou seu nome indevidamente, você pode ser indenizado pelo erro cometido, principalmente considerando os efeitos negativos de estar com o nome sujo.

Quer saber como você pode fazer isso de forma totalmente online e sem burocracias? Acompanhe!

A Resolvvi vai te ajudar a resolver essa situação de forma rápida, prática e segura. Nós cuidamos de toda a burocracia do seu caso e você só paga nossa taxa de serviço, no valor de 30%, se ganhar!

Se você ainda não se convenceu da importância de limpar seu nome e exigir seus direitos, fique sabendo que o valor da indenização por nome sujo indevidamente fica em torno de 4 mil reais!

E o melhor: A Resolvvi arca com todos os custos envolvidos e você não paga nada. Você não tem nada a perder!

Quer saber se seu caso é qualificado a uma indenização? Verifique grátis agora mesmo!

💡 Conheça a Resolvvi

💡 Já parou para pensar no número de consumidores que nunca buscou seus direitos porque não os conhece bem ou acha que não vai dar em nada?

A Resolvvi é uma startup que tem como missão garantir o acesso à justiça para todos os brasileiros.

Este conteúdo é parte desse propósito e vai ajudar você a caminhar até os seus direitos como consumidor. Vamos com a gente?

Nos siga nas redes sociais:

E também faça parte da nossa comunidade de consumidores que não deixam barato e querem fazer justiça.

Sobre o autor(a)