Tempo de leitura: 9 minutos

Países da Europa que não precisam de visto para brasileiros: Descubra agora!

Descubra para quais países da Europa que você não precisa de visto para viajar! Fique por dentro das normas e leis e evite transtornos desnecessários na sua próxima viagem.

A Europa é certamente um dos continentes mais deslumbrantes e ricos em história.

Imagine poder viajar para os países da Europa sem se precisar preocupar com os trâmites burocráticos para obter o visto? Boas notícias: Isso é possível!

Pois diversos países europeus têm acordos favoráveis de isenção de visto para cidadãos brasileiros.

Neste artigo, vamos te mostrar primeiramente as oportunidades e revelar os detalhes sobre viajar para a Europa sem precisar se preocupar com o visto de entrada.

Então, continue a leitura e prepare-se para a sua próxima viagem por esse continente deslumbrante com muito mais informação e conhecimento.

As vantagens de viajar por países da Europa que não precisam de visto:

De fato, viajar sem precisar de visto de entrada traz inúmeras vantagens!

Primeiramente, o processo de organização e planejamento da viagem é simplificado, pois é uma documentação a menos queo viajante precisa se preocupar.

Em segundo lugar, sem precisar do visto para alguns países da Europa, o viajante economiza tempo e dinheiro, se isentando das taxas consulares.

Além disso, o viajante ganha a possibilidade de trafegar entre países da Europa com mais liberdade e espontaneidade, já que não necessita de um visto para cada destino!

Em suma, essa informação é especialmente útil para mochileiros e pessoas que buscam visitar múltiplos países em uma mesma viagem.

Neste artigo, com o intuito de auxiliar os viajantes, destacaremos alguns dos destinos europeus mais acolhedores para brasileiros, onde a rica história, a gastronomia saborosa e as paisagens de tirar o fôlego aguardam ansiosamente sua visita, sem burocracias.

Então, a seguir presentaremos informações essenciais sobre os países que oferecem a conveniência de viajar sem visto para cidadãos brasileiros.

Além disso, compartilharemos dicas valiosas para uma viagem tranquila, especialmente sobre a documentação necessária.

Então, prepare-se para descobrir a Europa de uma maneira que você nunca imaginou, sobretudo os países do continente que não precisam de visto para viajar.

Descubra mais artigos relacionados:

Viagem sem visto: A Europa acessível

Atualmente, os brasileiros não precisam de visto para visitar a maior parte dos países da União Europeia (UE) em viagens de turismo por um período de até 90 dias.

Assim, essa isenção de visto faz parte de um acordo mútuo entre o Brasil e a União Europeia, que permite a entrada de cidadãos brasileiros como turistas sem a necessidade de solicitar um visto de entrada prévio.

Porém, é importante salientar que existem algumas condições mínimas que o viajante deve atender para entrar no país:

  • O objetivo da visita deve ser exclusivamente turístico, portanto, não é permitido trabalhar ou estudar durante o período de visita ao país.
  • Acima de tudo, o viajante deve possuir um passaporte válido, por pelo menos 3 meses após a data de saída planejada da Europa.
  • Além disso, a estadia máxima do viajante deve ser de 90 dias.
  • Assim como é necessário que o viajante apresente a passagem de volta.
  • Além disso, é necessário comprovar estadia, ou apresentar carta-convite.
  • De fato, seguro viagem é fundamental para entrada no continente Europeu.
  • Por fim, o viajante deve comprovar que tem recursos financeiros para se manter durante a estadia.

De conformidade com as orientações, o viajante deverá ter uma viagem muito mais tranquila e sem imprevistos.

Lembre-se: respeitar as normas e determinações consulares é de suma importância para uma viagem sem preocupações.

Por fim, a seguir confira a lista atualizada de países na Europa que não precisam do visto de entrada e planeje sua próxima viagem com mais informação.

Países da Europa que não precisam de visto:

Em seguida, confira o ranking atualizado de países da Europa que não precisam de visto de entrada:

  • Alemanha;
  • Andorra;
  • Áustria;
  • Bélgica;
  • Bósnia;
  • Bulgária;
  • Croácia;
  • Dinamarca;
  • Eslováquia;
  • Eslovênia;
  • Espanha;
  • Finlândia;
  • França;
  • Geórgia;
  • Grécia;
  • Holanda;
  • Hungria;
  • Irlanda;
  • Islândia;
  • Itália;
  • Liechtenstein;
  • Luxemburgo;
  • Mônaco;
  • Noruega;
  • Polônia;
  • Portugal;
  • Reino Unido;
  • República Tcheca;
  • Romênia;
  • San Marino;
  • Sérvia;
  • Suécia;
  • Suíça;
  • Turquia;
  • Ucrânia;
  • Vaticano.

Importante lembrar que nos países citados, apesar de não ser solicitado o visto de entrada, é demandado do viajante a apresentação dos documentos e comprovações listadas acima.

👉 Seu voo atrasou e afetou a sua chegada em 4 ou mais horas? Não se preocupe! Nós cuidaremos de todos os detalhes legais para buscar uma indenização justa de até R$10 mil para você.

Alterações na política de vistos para 2024 e 2024: O que esperar.

Se você está programando uma viagem para Europa para 2024 ou 2025, preste bastante atenção, pois irão ocorrer mudanças nas documentações exigidas para entrada no país, especialmente quando se trata de visto.

Com o fim de conter a crise migratória, um novo tipo de visto será exigido por países europeus que fazem parte do o Tratado de Schengen.

Dessa forma, se você é brasileiro e pretende viajar para a Europa a partir de 2025, deverá solicitar o ETIAS (Sistema Europeu de Informações e Autorização de Viagem)

Isto é, além do Brasil, outros 14 países da América Latina precisarão aderir a esse novo requisito.

A lista inclui então: Costa Rica, Nicarágua, Venezuela, Uruguai, México, Colômbia, Peru, Honduras, Chile, Paraguai, Guatemala, Panamá, Argentina e El Salvador.

De acordo com as normas, com a implementaçaõ do ETIAS pretente-se:

  • Primeiramente, economizar tempo e aborrecimento dos viajantes
  • Com o intuito de melhorar a gestão das fronteiras
  • Além disso: prevenir a migração irregular

Ainda não há uma data concreta divulgada pelas autoridades da União Europeia, mas a estimativa é que entre em vigor em 2025.

Dessa forma, para solicitar o ETIAS, o solicitante deverá informar os seus dados completos, se possui parentes residentes na Europa e qual o país ou países que pretende visitar.

Em seguida: os países que irão solicitar o ETIAS após a sua implementação são os países que fazem parte do Tratado de Schengen.

  • Alemanha;
  • Áustria;
  • Bélgica;
  • Croácia;
  • Dinamarca;
  • Eslováquia;
  • Eslovênia;
  • Espanha;
  • Estônia;
  • Finlândia;
  • França;
  • Grécia;
  • Hungria;
  • Islândia;
  • Itália;
  • Letónia;
  • Liechtenstein;
  • Lituânia;
  • Luxemburgo;
  • Malta;
  • Noruega;
  • Países Baixos (Holanda);
  • Polônia;
  • Portugal;
  • República Tcheca;
  • Suécia;
  • Suíça.

Porém, até o momento, a isenção de visto continua abrindo portas para culturas diversas, monumentos, gastronomia e paisagens de tirar o fôlego.

Países da Europa que não precisam de visto para brasileiros: Descubra agora!

Considerações finais sobre viajar sem visto para a Europa:

Atualmente, essa oportunidade não apenas simplifica a logística de viagem, mas também nos lembra da riqueza que a diversidade cultural pode oferecer.

Portanto, planeje sua próxima aventura, explore novos horizontes e deixe-se envolver pelo encanto da Europa.

Lembre-se sempre de respeitar as leis e culturas locais, contribuindo para uma experiência de viagem agradável tanto para você quanto para os anfitriões europeus.

Finalmente, desejamos que esta jornada seja apenas o início de muitas outras descobertas incríveis ao redor do mundo. Boa viagem!

E se você teve um problema com seu voo, conte com a Resolvvi para fazer justiça. Juntos buscaremos uma indenização justa pelo ocorrido. Avalie seu caso grátis:

Tudo ocorre de forma 100% online, sem burocracias e você só paga pelo serviço se ganhar!

E aí, gostou de saber mais sobre os países da Europa que não precisam de visto para a entrada de turistas? Então continue acompanhando o Portal Resolvvi para mais dicas de viagem.

(F.A.Q.)Saiba mais sobre países da europa que não precisam de visto.

Quais são os benefícios de viajar sem visto?

De fato, viajar sem visto economiza tempo, dinheiro e facilita a exploração de destinos europeus incríveis.

Preciso de seguro de viagem ao visitar esses países?

Embora não seja obrigatório, é altamente recomendável ter seguro de viagem para garantir assistência em casos de imprevistos médicos ou perda de bagagem.

Quanto tempo posso ficar sem visto na Europa?

A princípio, a maioria dos países permite uma estadia de até 90 dias dentro de um período de 180 dias. Verifique as regras específicas de cada país.

Como estender minha estadia nos países europeus sem visto?

Alguns países permitem a extensão de visto por motivos específicos, como estudos ou trabalho. Em suma, consulte a embaixada ou consulado do país desejado para obter informações detalhadas.

Posso trabalhar ou estudar nesses países sem visto?

Em geral, para trabalhar ou estudar na Europa, é necessário solicitar um visto específico. Verifique os requisitos de cada país e inicie o processo com antecedência.

Conheça a Resolvvi

💡 Já parou para pensar no número de consumidores que nunca buscou seus direitos porque não os conhece bem ou acha que não vai dar em nada?

A Resolvvi é uma startup que tem como missão garantir o acesso à justiça para todos os brasileiros.

Este conteúdo é parte desse propósito e vai ajudar você a caminhar até os seus direitos como consumidor. Vamos com a gente?

Nos siga nas redes sociais:

E também faça parte da nossa comunidade de consumidores que não deixam barato e querem fazer justiça.

Giovanna Damasceno da Resolvvi

Giovanna, ou Gio, é licencianda em Letras/Inglês de formação, mas é também fã de carteirinha do poder que o marketing de conteúdo tem para educar pessoas, principalmente quando o assunto é os direitos que as pessoas não sabem que têm.

Todos os posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *