Descubra como excluir consultas Serasa em 4 passos

excluir consultas serasa
faca justica com a resolvvi

Quer descobrir como excluir consultar na Serasa? Então acompanhe este artigo incrível e aprenda tudo sobre as consultas ao seu CPF!

Consultar CPF pelo nome no Serasa e em outros birôs é uma atividade fundamental para muitas transações no mercado.

Imagine que você vai emprestar dinheiro para alguém. Em primeiro lugar, a dúvida que surge é como saber se essa pessoal confiável.

Nesse sentido, ter meios de saber se o nome está sujo nos serviços de proteção ao crédito é a forma mais segura de verificar a confiabilidade dessa pessoa.

E é por isso que quando surge alguma complicação, existem empresas que fornecem um serviço sem consulta.

Como é o caso de um cartão de crédito que não consulta SPC e Serasa, por exemplo.

Essa é apenas uma opção de serviço dentre inúmeras que existem no mercado.

Mas será que é possível excluir esse histórico de consultas na Serasa dessas empresas? Isso traz benefício ao consumidor?

Se quiser descobrir a resposta para essas e outras dúvidas, então acompanhe este artigo com as nossas dicas imperdíveis!

👉 Seu nome foi negativado indevidamente? Descubra agora seus direitos!

Como excluir consultas na Serasa: entenda o que são as consultas ao CPF

Antes que você aprenda como excluir as consultas na Serasa, é fundamental que você entenda o que são essas consultas.

Assim você pode ter uma visão ampla deste assunto para definir melhor se excluir essas consultas ao Serasa é realmente uma boa opção.

Todas as vezes que um consumidor precisar fazer algum tipo de transação financeira no mercado, a empresa necessita consultar CPF pelo nome no Serasa.

Isso ocorre mesmo que o consumidor queira fazer uma compra parcelada ou até contratar um plano em uma operadora de telefone.

Ter acesso a essas informações é muito importante para a empresa decidir se irá concluir o negócio com você.

Além disso, é possível saber mais sobre seu perfil financeiro com as consultas ao CPF pelo Serasa, mas será que é possível excluir essas consultas?

Acompanhe o tópico abaixo e entenda por que excluir as consultas no Serasa é uma preocupação entre os consumidores.

Por que excluir as consultas no Serasa é uma preocupação entre os consumidores?

Em resumo, quando o CPF do consumidor passa por muitas consultas, isso pode interferir em novas solicitações de crédito.

Isso ocorre porque o excesso de consultas pode gerar desconfiança nas administradoras de cartão ou nas instituições financeiras.

É por isso que os consumidores se preocupam em saber como excluir esses históricos de consultas no Serasa.

No fim das contas, é uma decisão pessoal excluir ou não o histórico das consultas que fazem no seu CPF pelo Serasa.

Mas você deve ter em mente se isso realmente vai ajudar ou atrapalhar sua vida financeira.

Como excluir as consultas no Serasa em 4 passos

Se você acha que excluir as consultas feitas no seu CPF na Serasa é a melhor opção, separamos um passo a passo para fazer isso.

Prancheta 2

Basta seguir as recomendações detalhadas a seguir:

  1. Em primeiro lugar, você deve ter impresso o Termo de Responsabilidade de Exclusão de Registro de Consulta.
  2. Depois que preencher, encaminhe o termo original impresso e assinado por correio junto com uma cópia legível do seu CPF e documento de identificação;
  3. Não será aceita assinatura eletrônica, a menos que seja autenticada em cartório com firma reconhecida. Além disso, a assinatura do termo deve ser exatamente igual à do documento de identidade enviado em cópia.
  4. Por fim você deverá enviar o documento para o endereço que consta no próprio documento em PDF (link no ponto 1).

De qualquer forma, o endereço para envio do documento deverá ser destino à:

A/C Gestão de Requerimentos Administrativos
Av. Dr. Heitor José Reali, 360
CEP 13571-385 – São Carlos-SP

Após fazer a solicitação desses termo, o documento será analisado.

Se estiver tudo correto e adequado, em alguns dias a empresa irá excluir o histórico de consultas a seu CPF na Serasa.

Afinal, vale a pena excluir o histórico de consultas na Serasa?

Agora que você já viu que é super fácil excluir as consultas na Serasa, a pergunta que fica é:

Será que realmente vale a pena excluir esse histórico de consultas da Serasa?

Segundo a própria Serasa, a empresa não recomenda essa atitude.

Isso porque, segundo a empresa, ao excluir as consultas, as empresas ficam sem saber que você se relaciona com o mercado.

Se as empresas ficam no escuro, não entendem seu perfil de consumidor, podem ficar receosas em conceder crédito a você.

Afinal, sem informações sobre sua vida financeira fica difícil confiar no cliente.

Além disso, se você excluir todo o histórico de consulta na Serasa, você enfrentará muitos obstáculos.

Isso porque todas as vezes que você precisar do mercado, por exemplo, solicitando um cartão de crédito, você terá muito mais trabalho para mostrar quem é você.

Por que não vale a pena excluir o histórico?

Para explicar essa situação a própria Serasa admite que excluir o histórico de consultas, pode prejudicar o consumidor.

Isso porque uma vez que esse histórico fica ausente, será mais difícil para o consumidor comprovar que é alguém confiável para o mercado.

Mesmo que você tenha ficado com o nome negativado, o que mais interessa é saber que, no fim das contas, você honrou com seus compromissos financeiros.

Por isso não há motivo para apagar esse histórico, porque, assim como afirma a própria Serasa, sua trajetória conta sua história e mostra quem é você.

Agora que você já entendeu tudo sobre o histórico de consultas nos órgãos de proteção ao crédito, confere o tópico a seguir e conheça a Resolvvi!

💡 Conheça a Resolvvi

💡 Já parou para pensar no número de consumidores que nunca buscou seus direitos porque não os conhece bem ou acha que não vai dar em nada?

A Resolvvi é uma startup que tem como missão garantir o acesso à justiça para todos os brasileiros.

Este conteúdo é parte desse propósito e vai ajudar você a caminhar até os seus direitos como consumidor. Vamos com a gente?

Nos siga nas redes sociais:

E também faça parte da nossa comunidade de consumidores que não deixam barato e querem fazer justiça.